Archive for the ‘Eficiência’ Category

A Sustentabilidade e o Circo

A Sustentabilidade e o Circo

image description

 

Na verdade podemos ser sustentáveis em qualquer meio em que estivermos inseridos, ontem foi o dia em que tive o prazer de palestrar para 40 alunos, professores e diretores da Escola Nacional de Circo.

Dando um enfoque fora do comum, assim como abordo a sustentabilidade nos condomínios, tentei mostrar aos alunos a importância da sustentabilidade, como fazem parte de um todo, seu papel influenciador e agentes do compartilhamento de conhecimento.

Mais do que isso, foi apresentado modelos e meios práticos de reduzir consumo e emissões com base em processos, procedimentos, cálculo de consumo, noções de eficiência energética e principalmente nas formas de aquisição de equipamentos, que por sua caraterística itinerante demanda novas soluções e muita criatividade.

 

circo

 

É claro que o básico também foi abordado como a criação da horta orgânica, coleta seletiva, reciclagem e reaproveitamento, assim como a importância de maior engajamento do poder público no incentivo a adoção de políticas de inclusão.

A apresentação contou com grande participação de todos o que transformou a palestra em um verdadeiro debate, com apresentação de dúvidas, ideias e sugestões que esperamos possam se transformar em iniciativas promissoras.

Termino esse post agradecendo a responsável pelo projeto de cidadania da Escola Nacional de Circo, a Sra. Liriana Carneiro pelo convite e me coloco sempre a disposição para ajudar as iniciativas a sairem do papel pois, afinal de contas, palavras influenciam mas são as ações que mudam o mundo.

Renato Moreno Munhoz

renato@condominiosimples.com.br

Equipamento compacto para economizar água do chuveiro será vendido por R$ 29

Equipamento compacto para economizar água do chuveiro será vendido por R$ 29

 

aguawell_features_2-1024x630

 

Sempre foi um ponto de atenção desse blog as grandes perdas de água enquanto o chuveiro a gás aquece, a depender da distância no aquecedor, de 6 a 10 litros de água limpa e potável vão literalmente pelo ralo.

 

Eis que hoje me deparei com uma solução absolutamente simples e que resolve esse problema, um simples reservatório de água, em posts passados até dei sugestões, como o uso de baldes, mas uma solução que pode incorrer em outros problemas.

 

Trata-se do Aguawell, desenvolvido no Brasil, muito prático e acima de tudo, viável financeiramente e pode ser usado por qualquer pessoa.

 

O desenvolvimento do produto tem um custo e por isso seus desenvolvedores abriram uma linha de financiamento colaborativo, também conhecido como crowdfunding a fim de levantar os recursos necessários, avaliados em R$ 60.000,00.

 

O prazo é curto, só mais 22 dias!

 

http://www.kickante.com.br/campanhas/aguawell-light

 

Quem ajudar terá direito a ser um dos primeiros a receber o produto, caso não alcancem a meta, o dinheiro dos colaboradores será devolvido.

 

Pelos meus cálculos, em um condomínio como o meu, de 96 unidades, média de 3 habitantes e um banho por dia, são 18 litros economizados, ou 1.728 litros por dia, 51.840 litros por mês, equivalente a 51,8 metros cúbicos, suficiente para encher 2 vezes a piscina ou suprir um dia inteiro de consumo.

 

Renato Moreno Munhoz

renato@condominiosimples.com.br

CARNAVAL – Caia na folia de forma consciente

Caia na folia de forma consciente

 

carnaval-3

 

Pequenas atitudes podem garantir um carnaval alegre, seguro e socialmente responsável

Carnaval é tempo de alegria. Mas a irreverência, marca principal da festa, não é desculpa para se esquecer de algumas atitudes socialmente responsáveis. O consumo consciente não diz respeito apenas a atitudes com relação ao próximo e ao planeta. Cuidados com a saúde e com a segurança próprias também estão relacionados ao consumo consciente.

 

Abaixo algumas dicas para brincar muito – conscientemente.

 

  • Não deixe seu lixo por aí. Leve uma sacola ou mochila na qual você possa armazenar o lixo que produzir até conseguir uma lixeira para descartá-lo.
  • O Carnaval é marcado por uma verdadeira explosão de criatividade. Tanto no desfile das escolas de samba, passando pelos bailes carnavalescos e pelos blocos de rua, as cidades são tomadas por fantasias criativas e irreverentes. Mostre que você é mais criativo ainda. Utilize materiais biodegradáveis na confecção de sua fantasia.
  • Se for viajar de carro, vistorie seu carro. A medida pode trazer ganhos para seu bolso e para o meio ambiente, além de maior segurança nas estradas.
  • Brincadeiras com água, como molhar os foliões com mangueiras, é coisa de outros carnavais – literalmente. A estiagem é coisa séria, que não pode ser desconsiderada nem mesmo no Carnaval.
  • Tenha paciência. Afinal é Carnaval. Perca alguns minutos nas filas dos banheiros químicos. A sua cidade agradece.
  • Se for viajar, respeite o lugar que o acolhe, seja preservando a natureza e respeitando os costumes e a cultura locais.
  • Fique atento para não perder seus documentos. Leve apenas o básico, como carteira de identidade ou de motorista.
  • Cuide-se de si mesmo: prefira comidas leves, beba muita água e sucos e aproveite para se desligar dos problemas.

 

Resumindo: seja feliz!

 

Renato Moreno Munhoz

21-97932-1878

Redução de energia no condomínio em mais de 70%

Podemos reduzir o consumo de energia no condomínio em mais de 70%

foto

No último dia 21 de agosto foi o Dia da Habitação, dia em que todos os anos o Secovi Rio promove um grande evento para os síndicos. Esse ano o evento foi focado na sustentabilidade.

Fiquei imensamente feliz com a oportuna escolha do tema, nesse dia também houve o lançamento oficial do Blog Condomínios Verdes, iniciativa do Secovi Rio para difundir as boas práticas verdes para os condomínios residenciais.

Felicidade maior foi ter sido convidado para ser um dos palestrantes do dia, podendo mostrar uma parte de todas as ações tomadas com a intenção de reduzir o consumo de energia, o qual apresentei um caso real onde com ações simples a redução de energia foi de aproximadamente 70%, gerando economia anual de mais de R$ 60.000,00.

Medidas simples podem tornar o seu condomínio mais eficiente sem com isso reduzir os níveis de segurança e conforto dos moradores.

Segue link para download da apresentação: Dia da Habitação SECOVI redução custos

Essa e outras informações você encontra no Blog Condomínios Sustentáveis, canal de comunicação que mantenho desde 2011 como forma a difundir informações práticas para redução de consumo de água, energia elétrica, manutenções, coleta seletiva etc.

Renato Moreno Munhoz

21-7932-1878

renato@condominiosimples.com.br

Quer Começar a Pedalar? Bike Anjo

Já pensou em começar a utilizar a bicicleta como seu principal meio de transporte e está com medo de se aventurar sozinho pelas Ruas da Cidade?

 

Conheça a Bike Anjo!

 

Bike Anjo é um projeto simples: ciclistas que tem experiência em pedalar no trânsito se dispõem a acompanhar ciclistas inexperientes ou pessoas que desejam utilizar a bicicleta como meio de transporte.

Divulguem, utilizem, tornem o trânsito mais humano, menos poluição e melhor qualidade de vida.

 

Rio de Janeiro – http://bikeanjo.com.br/contato/

Brasil – http://bikeanjo.com.br/

Os Condomínios e o Racionamento de Energia Elétrica

Os Condomínios e o Racionamento de Energia Elétrica

 

carvão

 

Vendo sendo comentado na mídia nos últimos dias o risco que a falta de chuvas pode causar ao sistema elétrico, quando não chove, as usinas hidrelétricas ficam sem seu principal insumo, a água.

Parece um circulo vicioso, a falta de água obriga o governo a ativar as usinas térmicas para suprir as necessidades de energia elétrica das residências e empresas. O uso nas usinas térmicas, além de muito mais caro, emite gases do efeito estufa e geram além de energia, calor. Todos esses elementos contribuem para o aquecimento do planeta e consequentemente as mudanças climáticas, mais calor, menos chuvas etc. Voltando ao ponto inicial, onde o remédio pode estragar mais do que a doença.

E onde estamos nessa história? Somos os grandes consumidores de energia, não digo que devemos abdicar das conquistas modernas, ar condicionado, geladeira, iluminação, diversão, mas sim que utilizemos os recursos com eficiência.

Já foram postados aqui vários artigos sobre formas de se reduzir o consumo sem abrir mão do benefício, mudanças de procedimento, substituição de equipamentos por outros que consomem menos energia, desligar o que não está sendo utilizado e não superdimensionar as necessidades são apenas alguns exemplos.

O uso racional de energia não vai somente evitar um iminente racionamento, mas evitar a necessidade de mais usinas térmicas, evitar a necessidade por mais hidrelétricas, isso significa menos uso de gás, carvão, menos emissões de CO2, menos áreas alagadas, menos desmatamento, menos indígenas desapropriados.

Uma lâmpada ao ser apagada pode parecer algo insignificante se comparado ao universo de lâmpadas, mas um milhão de lâmpadas apagadas começam a fazer a diferença, faça você a diferença!

**********************************************

Renato Munhoz

21-9432-2321

sindicoeasyway@gmail.com

www.sindicoprofissionalrj.wordpress.com

Síndico Sustentável

Síndico Sustentável

Deseja viver um condomínio sustentável? Preocupado com as pessoas?

Myopia

O primeiro passo é a escolha um síndico que seja empenhado na realização de ações de sustentabilidade, qualidade de vida e consumo responsável.

A maioria dos síndicos apesar de bem-intencionadas estão somente preocupados com balancetes, mediação de conflitos, folha de pagamento etc.

Na nossa atual realidade e ainda mais em um futuro próximo, teremos que ser síndicos mais preocupados e abrangentes, não somente administradores de recursos financeiros.

www.sindicoprofissionalrj.wordpress.com

 

*******************************************************

Renato Moreno Munhoz 21-9432-2321

 sindicoeasyway@gmail.com

http://www.twitter.com/c_sustentaveis

O futuro dos transportes – Veículos elétricos e híbridos

 

O futuro dos transportes

 

A cada dia vemos mais iniciativas de desenvolvimento de veículos 100% elétricos ou híbridos, que funcionam com 2 motores, uma a combustão e outro elétrico. O 100% elétrico possui algumas limitações de autonomia e tempo de recarga, que pode durar algumas horas, é ideal para trajetos curtos, como a ida ao trabalho, onde o carro não precisa ir tão longe e ainda ficará muitas horas parado para poder abastecer o banco de baterias.

 

Já o carro híbrido resolveu essa questão, o próprio motor a combustão é capaz de reabastecer as baterias, esse motor só entra em funcionamento quando as baterias descarregam ou quando o carro alcança velocidades maiores, e ainda trabalhando em conjunto os dois motores além de proporcionarem economia excepcional, ainda aumentam significativamente a potência do veículo. É claro que ainda existirá o agente poluente, porém reduz drasticamente o consumo geral de gasolina e outros derivados e a nossa dependencia pelo petróleo.

 

Inclusive o Brasil possui toda a tecnologia necessária para a produção de veículos verdes, os elétricos, híbridos e ainda os movidos à hidrôgenio, que pasmem, emite nada mais do que vapor de água pelos escapamentos, mas a grande questão é: por que não incentivamos mais ou utilizamos essas tecnologias que já foram comprovadamente testadas e com a possibilidade real de produção comercial em larga escala?

 

É claro que essas tecnologias ainda são mais caras por serem pioneiras, mas incentivos fiscais poderiam igualar o valor de um veículo verde à um convencional, isso não é feito pelo ainda imenso lobby da indústria de energia.

 

Mais uma vez quem ganha? A sociedade? Ou os interesses comerciais? O que você quer para o seu futuro e dos seus filhos, netos….?

 

***************************************

Renato Munhoz – 21-9432-2321

www.twitter.com/c_sustentaveis

https://condominiossustentaveis.wordpress.com

Seguem algumas iniciativas verdes nacionais para a área de transportes:

Continue lendo

Ban Ki-moon defende ações locais para gerar sustentabilidade global

Condomínios Sustentáveis alinhado com o Rio+20

Hoje lendo a reportagem do G1, me remeteu ao artigo que escrevi ontem,  Pense Global, aja localmente . Acreditamos na mesma coisa, que as cidades têm papel fundamental para alcançar a sustentabilidade plena, e os milhões de residências e condomínios têm muito a contribuir

 

Segue a reportagem do G1 na íntegra.

Ban Ki-moon defende ações locais para gerar sustentabilidade global

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, defendeu na tarde desta quinta-feira (21) que ações realizadas no nível regional e local são essenciais para uma política global de desenvolvimento sustentável. Segundo ele, é preciso andar cada vez mais perto de governos locais e líderes em todo o mundo para criar modelos de ação que podem ajudar a criar sustentabilidade.

“As cidades de todo o mundo estão na vanguarda do desenvolvimento de tecnologias que ajudam no desenvolvimento sustentável. O que é local é global, e o global é local”, disse, citando a capital paranaense como um bom exemplo. “Aqui no Brasil, Curitiba é um modelo global”.

 

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante apresentação na Rio+20 (Foto: Daniel Buarque/G1)
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante apresentação na Rio+20 (Foto: Daniel Buarque/G1)

Para Ki-moon, cada pais é uma soma de cidades “e as soluções passam por governos locais.” Segundo ele, a maior parte dos problemas relacionados à sustentabilidade se manifestam exatamente nas cidades, e portanto é nas cidades que devem surgir as soluções para os problemas.

O discurso foi realizado na área ao lado do Riocentro, onde chefes de Estado e governo participam do segmento de alto nível da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.

“Saímos daqui com mais compromisso local para mudança. É preciso ter liderança regional. Desenvolvimento urbano é chave do desenvolvimento sustentável”, disse Ki-moon. “o Rio nao é o final do nosso processo, é apenas o começo.”

O secretário-geral das Nações Unidas participou de uma apresentação sobre liderança e sustentabilidade para o mundo urbano em 2030. O evento foi organizado pelo Iclei – Governos Locais pela Sustentabilidade, uma associação global de governos locais que defendem ações ligadas ao desenvolvimento sustentável. Ali foi apresentada a “Mensagem para o Rio”, documento de conclusão do congresso da Iclei com o posicionamento oficial do grupo para a Rio+20s governos locais para a Conferência da ONU.

Antes da apresentação do secretário-geral da ONU, a ministra do Meio Ambiente da Dinamarca, Ida Auken, elogiou avanços da Rio+20 no sentido de incentivar ações locais de sustentabilidade. “É a primeira vez que conseguimos uma declaração tão global que dá atenção a iniciativas locais”, disse.

 

 

Pense Global, aja localmente

Pense Global, aja localmente


Parece que as nossas pequenas ações nada mudarão a nossa relação com a sustentabilidade, mas como diz o ditado: “de grão em grão que a galinha enche o papo”; podemos sim fazer a diferença.

Certamente algumas dessas ações não terão efeito sentido no local onde você mora, mas por exemplo, a redução do consumo de energia elétrica, por menor que seja, se for adotado por muitos poderá se refletir em ganhos enormes.

As cidades estão consumindo mais energia do que nunca, é o custo da comodidade, podemos nos damos à esse luxo e muita coisa pode ser feita para minimizar esse impacto, algumas extremamente simples, sem comprometer o conforto.

O aumento do consumo nos faz ir atrás de cada vez mais fontes de energia, sejam limpas ou as teoricamente limpas como as hidreletricas, que dependem de desmatamento e alagamento de áreas.

 

Nesse ritmo precisaremos de quantas novas Belo Monte?

 

Pensando nisso, e tentando minimizar a nossa pegada no planeta, elaborei um conjunto de ações simples que podem parecer clichê, mas que se adotados em sua maior parte pela maioria das pessoas, poderemos começar a sentir algum efeito direto nas nossas vidas.

 

Dicas simples:

 

1. Valorize a luz natural, mantenha suas cortinas abertas.

2. Pinte as paredes de casa com cores claras e ecológicas.

 


3. Dê preferencia a comprar produtos fabricados e comercializados próximos de sua residência, nada contra os chineses, mas seus produtos são produzidos com matriz energética à base de carvão e o transporte emite toneladas de CO2.

 

4. Retire aparelhos e carregadores das tomadas quando não estiverem em uso.

5. Reduza o brilho do monitor do computador.

 


6. Evite o uso de lâmpadas incandescentes, prefira lâmpadas fluorescentes e de LED, compre lâmpadas de boa qualidade, lâmpadas muito baratas têm normalmente vida útil menor.

 

7. Use menos o carro, prefira a bicicleta, caminhadas e fazer compras nos mercados próximos, com uso de carrinhos e ecobags.

 

8. Faça uma pequena horta de temperos e ervas, dá vida à casa e produtos de qualidade garantida. http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/casa/conteudo_411077.shtml

 


9. Plante uma árvore, ahh não tem espaço e nem tempo? A SOS Mata Atlântica pode fazer isso por você através do www.clickarvore.com.br

 

****************************************

Renato Moreno Munhoz – 21-9432-2321

sindicoeasyway@gmail.com

http://www.twitter.com/c_sustentaveis

%d blogueiros gostam disto: